Déjà Vu

Sinto aquele mesmo vazio e aperto, que não me deixa dormir. Estou deitado e o teto está girando, e você surge em minha mente. Mas tenho que esperar a lua partir, e são horas intermináveis. O que fiz com aqueles minutos quando tinha você comigo? Por que queremos mergulhar de olhos fechados justo na hora que não temos um mar por perto?  E acho que já vi esse filme antes.

0 comentários:

Postar um comentário

 
 
Copyright © Pensamentos do André Alfieri
Blogger Theme by BloggerThemes Design by Diovo.com